ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA SUÍÇA: ZURIQUE, MAIORCA, LONDRES, NOVA IORQUE

8 Minutos

Clinicamente editado e revisado por THE BALANCE Esquadrão
Fato verificado

Se você ainda não sabe o que é anfetamina, trata-se de uma substância psico estimulante que afeta o sistema nervoso central, levando a uma série de anfetamína efeitos no organismo. 

Ela pode ser encontrada em várias formas, incluindo medicamentos prescritos para tratar condições. No entanto, é mais conhecida pelo seu uso recreativo e ilegal, onde é frequentemente referida como “speed”, “ice” ou “anfeta”. Essas formas ilegais são frequentemente produzidas em laboratórios clandestinos, provocando um grande risco para a saúde dos consumidores.

Anfetamina

A anfetamina, quando ingerida, inalada ou injetada, produz efeitos a curto prazo notáveis que são frequentemente buscados por aqueles que a consomem, esses efeitos incluem:

Aumento da Energia e Euforia: Os usuários de anfetaminas relatam uma sensação de euforia, que pode ser descrita como uma explosão de entusiasmo e energia. Essa sensação pode ser particularmente atraente para pessoas que buscam escapar temporariamente de sentimentos de fadiga, tédio ou tristeza.

Aumento da Concentração e Alerta: A anfetamina é frequentemente usada para melhorar o foco, a concentração e a capacidade de permanecer alerta por longos períodos.

Supressão do Apetite: A capacidade da anfetamina de reduzir o apetite é um dos motivos pelos quais foi incluída em medicamentos prescritos para perda de peso no passado. Consequentemente, por saber que anfetamína emagrece, muitas pessoas usam a droga sem prescrição para esse fim.

●  Aumento da Sociabilidade: Algumas pessoas relatam uma maior disposição para interações sociais quando estão sob anfetamína efeitos. Isso pode ser atribuído à sensação de euforia e à diminuição das inibições, que tornam mais fácil para os usuários se envolverem em conversas e atividades sociais.

O uso prolongado de anfetaminas pode resultar em uma série de efeitos a longo prazo que podem ser prejudiciais para a saúde física e mental, como:

Tolerância: Com o tempo, o corpo pode desenvolver tolerância à anfetamina, o que significa que uma pessoa precisará de doses cada vez maiores para obter os mesmos efeitos.

Dependência: A anfetamina tem um alto potencial para causar dependência psicológica e física.

Problemas de Saúde Mental: O uso crônico de anfetaminas está associado a uma série de problemas de saúde mental. Os efeitos psicológicos podem incluir ansiedade, paranoia, delírios e depressão.

Problemas Cardiovasculares: O uso prolongado de anfetaminas pode aumentar o risco de problemas cardíacos, como hipertensão arterial, arritmias cardíacas e até mesmo doenças cardíacas, por ser um estimulante.

Danos Cerebrais: Pode afetar a memória, a cognição e a função mental, sendo que a extensão dos danos cerebrais varia de pessoa para pessoa e depende da quantidade e da duração do uso da substância.

●     Problemas Sociais e Profissionais: O uso contínuo pode ter um impacto significativo nas relações pessoais, no desempenho no trabalho ou na escola e nas responsabilidades sociais.

É crucial entender que, embora anfetamína efeitos a curto prazo possam parecer atraentes, os efeitos a longo prazo são altamente prejudiciais e podem resultar em danos permanentes à saúde e à qualidade de vida.

Quanto tempo anfepramona fica no organismo, assim como outros tipos de anfetamina, pode variar dependendo de vários fatores, como:
● Forma de Administração: Quando a anfetamina é tomada por via oral, a duração dos efeitos geralmente varia de 4 a 6 horas. A administração intravenosa ou inalação resulta em efeitos mais intensos, porém mais curtos.
● Meia-vida: A meia-vida da anfetamina varia de acordo com a pessoa e a formulação específica da substância, mas geralmente fica na faixa de 9 a 14 horas. A meia-vida é o período de tempo necessário para que metade da quantidade da substância seja eliminada do corpo.
● Metabolismo Individual: Algumas pessoas metabolizam a anfetamina mais rapidamente do que outras, o que pode influenciar a duração dos efeitos.
● Dose: Doses maiores resultarão em efeitos mais prolongados, enquanto doses menores terão uma duração mais curta.
● Fatores Fisiológicos: Fatores como idade, peso corporal, função hepática e renal também podem influenciar o tempo que a anfetamina permanece no organismo.
● Uso Crônico: Nesses casos a anfetamina pode se acumular no organismo, o que pode prolongar a duração dos efeitos e aumentar o risco de efeitos colaterais.
É importante destacar que, embora os anfetamína efeitos no organismo percebidos possam ter uma duração limitada, os riscos associados ao uso prolongado ou abuso da substância têm impacto a longo prazo na saúde física e mental.

A dependência de anfetaminas é uma preocupação significativa devido ao potencial viciante dessas substâncias. A capacidade de criar dependência é uma característica comum dos estimulantes do sistema nervoso central, e as anfetaminas não são exceções.

Dependência Psicológica: Isso significa que as pessoas que as usam frequentemente sentem uma compulsão emocional para repetir o uso, devido aos efeitos agradáveis, como euforia, aumento de energia e foco.

Dependência Física: A dependência física implica que o corpo se adapta à presença da substância, e a interrupção do uso pode levar a sintomas de abstinência física. Esses sintomas podem incluir fadiga extrema, depressão, irritabilidade e até desejos intensos por anfetaminas.

Tolerância: O desenvolvimento de tolerância é um sinal claro de que a dependência está se desenvolvendo.

Compulsão para Uso: As pessoas dependentes muitas vezes têm dificuldade em controlar seu uso de anfetaminas e podem continuar a usá-las apesar das consequências adversas.

Riscos à Saúde: Além do potencial de dependência, o uso crônico de anfetaminas está associado a uma série de riscos à saúde.

Síndrome de Abstinência: Quando alguém que é dependente de anfetaminas tenta parar de usá-las, pode experimentar uma síndrome de abstinência, que inclui sintomas como depressão, fadiga, agitação, ansiedade e desejos intensos pela substância.

A busca de ajuda profissional é fundamental para superar a dependência e seus efeitos negativos na vida das pessoas. Evitar o uso recreativo ou não supervisionado de anfetaminas é a melhor maneira de prevenir o desenvolvimento de dependência.

O tratamento da dependência de anfetamina é um processo complexo que requer uma abordagem multidisciplinar e orientação profissional, como nos seguintes exemplos:

Desintoxicação: Durante esse processo, a substância é eliminada do corpo, o que pode resultar em sintomas de abstinência.

Avaliação Médica: Isso ajuda a identificar possíveis complicações de saúde decorrentes do uso de anfetaminas e a desenvolver um plano de tratamento adequado.

Terapia Individual: Ela ajuda os indivíduos a identificar padrões de pensamento disfuncionais e a desenvolver estratégias para lidar com gatilhos que os levam ao uso de anfetaminas.

Terapia em Grupo: A terapia em grupo oferece a oportunidade de compartilhar experiências, aprender com os outros e obter apoio de pessoas que estão passando por desafios semelhantes.

Medicamentos: Em alguns casos, medicamentos podem ser prescritos para ajudar a gerenciar os sintomas de abstinência e os desejos por anfetamina.

Reabilitação Residencial: Em casos graves de dependência, a reabilitação residencial pode ser necessária. Isso envolve a internação em uma clínica especializada, onde os indivíduos recebem tratamento intensivo e suporte 24 horas por dia.

Programas de Apoio Contínuo: A recuperação da dependência de anfetamina é um processo contínuo, e muitas pessoas se beneficiam de programas de apoio a longo prazo, como Alcoólicos Anônimos ou Narcóticos Anônimos.

Educação sobre Prevenção de Recaídas: Ajuda os indivíduos a identificar gatilhos e desenvolver estratégias para evitá-los.

Apoio Familiar: O envolvimento da família pode incluir terapia familiar e a criação de um ambiente de suporte para o indivíduo em recuperação.

Aconselhamento Nutricional e Atividade Física: Podem fazer parte do tratamento para restaurar a saúde física e bem-estar geral

É essencial buscar ajuda profissional e seguir um plano de tratamento individualizado para alcançar a recuperação. O suporte contínuo e a educação são fundamentais para ajudar as pessoas a manterem a sobriedade e reconstruírem suas vidas com qualidade e saúde.

O The Balance é um centro de reabilitação de luxo capaz de ajudá-lo com os mais diversos problemas de saúde mental. Somos discretos e contamos com profissionais de primeira categoria, tudo para ajudá-lo a lidar da melhor forma com os anfetamína efeitos. Entre em contacto através dos canais abaixo, veja como parar de ter paranoias e obtenha mais informações:

  • Telefone: +41 4450 05111
  • WhatsApp: +44 7441 427577
  • E-mail: info@thebalance.rehab

Se preferir, podes agendar uma consulta diretamente através do nosso sítio: https://balanceclinicarecuperacao.com/.

Perguntas Frequentes

COMO A BALANÇA PODE AJUDAR

A Balance RehabClinic é uma provedora líder de tratamento de dependência de luxo e saúde mental para indivíduos ricos e suas famílias, oferecendo uma mistura de ciência inovadora e métodos holísticos com atendimento individualizado incomparável.

UM MÉTODO EXCLUSIVO

Um conceito bem-sucedido e comprovado com foco em causas subjacentes.
UM CLIENTE POR VEZ
ABORDAGEM DURADOURADA PERSONALIZADA
RESTAURAÇÃO BIOQUÍMICA
MULTIDISCIPLINAR E HOLÍSTICO
TRATAMENTO BASEADO EM TECNOLOGIA
TERAPIA INFORMADA DE TRAUMA

ABORDAGEM DURADOURO

0 Antes

Enviar solicitação de admissão

0 Antes

Definir metas de tratamento

1 semana

Avaliações abrangentes e desintoxicação

1-4 semana

Terapia física e mental contínua

4 semana

Terapia Familiar

5-8 semana

Sessões de acompanhamento pós-tratamento

12+ semana

Visitas de atualização

Dependência Percepções

últimas notícias e pesquisas sobre Dependência
Poppers
Poppers, a Perigosa Droga Recreativa

Mesmo em curto prazo, o uso de poppers pode causar uma série de efeitos colaterais. As dores de cabeça são uma queixa comum, geralmente associadas à vasodilatação súbita e intensa causada pela inalação de poppers

read more
Ayahuasca
Ayahuasca

Em ambientes não orientados ou não supervisionados, onde a preparação da poção não é regulamentada, há um risco maior de reações adversas ou toxicidade não intencional.

read more
Alprazolam Efeitos colaterais
Alprazolam - Efeitos colaterais e riscos do medicamento

A administração de Alprazolam, como qualquer medicamento, requer uma abordagem cuidadosa e personalizada para garantir eficácia no tratamento, minimizando riscos associados

read more
LSD
LSD - Tudo sobre os maleficios do LSD

A duração varia de pessoa para pessoa, mas, em geral, a experiência com LSD é conhecida por ser mais longa em comparação com outras drogas psicoativas

read more

Acreditações

 
NeuroCare
TAA
ssaamp
Somatic Experience
SMGP
SEMES
SFGU
WPA
red GDPS
pro mesotherapie
OGVT
AMF
NeuroCademy
MEG
institute de terapie neural
ifaf
FMH
EPA
EMDR
COPAO
COMIB
British Psychology Society
 

Media

 
Dazed
National World
American Banker
Marie Claire
BBC
La Nacion
Metro UK
General Anzeiger
Live Science
Woman & Home
Apartment Therapy
Express UK
Bloomberg
Cosmopolitan
Morgenpost
Manager Magazin
Entrepreneur ME
Khaleej Times
HighLife
Psychreg
DeluxeMallorca
BusinessInsider
ProSieben
Sat1
Focus
Taff
TechTimes
PsychologyToday
abcMallorca
LuxuryLife
Mirror UK
Mallorca Zeitung
Daily Mail
Guardian
Business Leader
Mallorca Magazin