ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA SUÍÇA: MAIORCA, ZURIQUE, LONDRES, OFFSHORE

6 Minutos

Clinicamente editado e revisado por THE BALANCE Esquadrão
Fato verificado

A codependência está relacionada a questões emocionais e psicológicas, geralmente originadas de experiências traumáticas ou disfuncionais na infância. A pessoa codependente muitas vezes busca sua autoestima e validação através do cuidado excessivo e da satisfação das necessidades do outro, negligenciando suas próprias necessidades e bem-estar emocional.

Essa dinâmica é frequentemente observada em relacionamentos onde há dependência de substâncias, como álcool, drogas, ou comportamentos compulsivos, como jogo, trabalho excessivo, entre outros. O codependente tende a assumir o papel de cuidador, sacrificando-se em prol do outro, buscando controlar e resgatar o parceiro. 

No entanto, esse comportamento é prejudicial tanto para o codependente quanto para o dependente. Uma das características centrais da codependência é a dificuldade em estabelecer limites saudáveis. O codependente muitas vezes se coloca em segundo plano, deixando de expressar suas próprias necessidades e desejos e, com isso, acabando por se perder na dinâmica do relacionamento. 

Isso leva a uma sensação de vazio emocional e uma busca constante por validação e aprovação externa. Além disso, o codependente muitas vezes desenvolve uma autoestima frágil e uma crença de que só é amado e valorizado quando cuida e sente as necessidades dos outros. Essa busca incessante por aprovação e medo de rejeição pode levar a um ciclo de comportamentos disfuncionais, perpetuando a dinâmica de o que é codependente.

Sintsintomas de uma Pessoa Codependente

É importante ressaltar que a codependência não se restringe apenas às relações românticas. Ela pode ocorrer também em relações familiares, amizades ou mesmo no ambiente de trabalho, por isso, é importante buscar um acompanhamento psicológico.

Embora a codependência seja um padrão comportamental geralmente associado a relacionamentos disfuncionais com dependentes de substâncias ou comportamentos compulsivos, existem diversos tipos de dinâmicas nessas condições, como, por exemplo:

  • Codependente emocional: Envolve uma dependência emocional excessiva de outra pessoa, sendo o indivíduo incapaz de lidar com as próprias emoções e em busca constante por validação e o suporte emocional do outro, ocasionando uma relação desequilibrada.
  • Codependente em uma situação de abuso de substâncias: O indivíduo se relaciona com alguém dependente de drogas lícitas ou ilícitas e acaba se tornando o cuidador dessa pessoa, buscando salvá-la e, dessa forma, acaba se sacrificando em prol do outro. 
  • Codependente em comportamento compulsivo: Ocorre da mesma forma que no tópico anterior, porém, a pessoa que o indivíduo tenta cuidar apresenta algum comportamento compulsivo, como jogo, trabalho excessivo, compulsão alimentar, entre outros.
  • Codependente da família: Existe um contexto familiar disfuncional, onde os indivíduos se relacionam de maneiras não saudáveis, diante disso, o codependente busca a aprovação ou quer suprir emocionalmente algum membro de sua família.
  • Codependência na amizade: O codependente acaba desenvolvendo um apego excessivo a um amigo, estabelecendo suas necessidades e bem-estar em segundo plano para satisfazer as demandas e necessidades do outro.

Observando esses contextos, vemos que cada indivíduo pode apresentar diferentes nuances e padrões de comportamento codependente em seus relacionamentos, sendo importante que ocorra a conscientização sobre essas variações. 

Isso é importante porque ajuda a entender a complexidade da codependência e a buscar ajuda profissional para enfrentar esses padrões disfuncionais e, como consequência, promover relacionamentos mais saudáveis e equilibrados.

Nem todos os indivíduos que apresentam a dependência manifestam todos os sintomas, ademais, a intensidade dos codependência sintomas também variam de uma pessoa para outra. Sendo eles:

  • Baixa autoestima: O indivíduo tem uma visão negativa de si mesmo.
  • Busca por controle: A pessoa quer controlar as situações e os outros ao seu redor, acreditando que assim poderá evitar problemas ou proteger aqueles que ama, ocasionando em uma relação não saudável.
  • Dificuldade em estabelecer limites saudáveis: Por colocar as necessidades dos outros acima das suas próprias, as pessoas codependentes podem se sentir culpadas ou ansiosas quando tentam afirmar suas próprias vontades.
  • Excesso de responsabilidade pelos problemas dos outros: Sentem uma necessidade intensa de ajudar e resgatar os outros.
  • Dificuldade em expressar emoções: Encontram dificuldade em identificar e expressar suas próprias emoções e a expô-las.
  • Medo do abandono: Medo de ser insuficiente e ser abandonado.
  • Dificuldade em tomar decisões: Por dependerem da aprovação dos outros, têm dificuldade para tomar decisões e podem se sentir perdidas ou ansiosas quando precisam tomar uma decisão importante.

É importante lembrar que a codependência é um padrão de comportamento aprendido e pode ser modificado com apoio adequado, e que se manifesta de forma diferente em cada indivíduo de acordo com sua história de vida.

A relação codependente é caracterizada por um padrão disfuncional e desequilibrado, no qual um indivíduo assume o papel de cuidador e a outro assume o papel de dependente emocional. Nesse tipo de dinâmica, ambos os indivíduos influenciam para a manutenção do problema, mesmo que de maneiras diferentes, sendo um ciclo que se retroalimenta, com as seguintes características:

  • Comportamentos de resgate e salvamento do outro;
  • Dificuldade em estabelecer limites saudáveis;
  • Dependência emocional;
  • Reforço dos comportamentos disfuncionais;
  • Negação e minimização dos problemas;
  • Ciclo de culpa e vergonha.

Assim, entendemos que a dinâmica da relação codependente pode ser complexa e várias maneiras, além disso, depende de cada tipo de codependência, onde cada caso tem sua particularidade e desafios internos.

Enfrentar a codependência é um processo desafiador, mas possível com esforço, autoconhecimento e apoio adequado. O primeiro passo é que o indivíduo reconheça que está em uma dinâmica não saudável, aceitar a situação e identificar os danos emocionais e dificuldades ocasionadas pela relação.

Outro fator importante é buscar ajuda profissional, como psicólogos ou terapeutas, que irão auxiliar nesse processo de identificação e quebra de padrão de comportamento, entender a raiz do problema e maneiras saudáveis de lidar com ela. 

Nesse processo o indivíduo irá começar a se conhecer melhor e poderá aprender a impor limites saudáveis, melhorar sua autoestima e aceitar a própria validação. Além de identificar traumas não resolvidos do passado e desenvolver uma maior compreensão de si.

Ao começar a cuidar de si mesmo, o indivíduo começa a desenvolver a própria autonomia emocional, não se preocupando com validações externas e nem com essas aprovações, pois irá aprender a focar mais em si e buscar seu próprio bem-estar e felicidade. 

Também irá saber manejar melhor os sentimentos de culpa e responsabilidade sobre outras pessoas, pois só poderá controlar as próprias escolhas. Lembrando que cada pessoa é única e o processo de superação da codependência pode variar. Ter apoio de pessoas próximas e participar de grupos de apoio também pode contribuir para o processo.

Ademais, pode ser divertido compartilhar experiências e obter suporte de pessoas que estão passando ou já passaram pela mesma situação. A superação da codependência envolve um trabalho interno profundo, mas pode resultar em uma transformação positiva e duradoura.

O The Balance é um centro de reabilitação de luxo capaz de ajudá-lo com os mais diversos problemas de saúde mental. Somos discretos e contamos com profissionais de primeira categoria, tudo para ajudá-lo a lidar da melhor maneira possível com o tratamento da codependência. Entre em contacto através dos canais abaixo e obtenha mais informações:

  • Telefone: +41 4450 05111
  • WhatsApp: +44 7441 427577
  • E-mail: info@thebalance.rehab

Se preferir, podes agendar uma consulta diretamente através do nosso sítio: https://balanceclinicarecuperacao.com/

FAQs

COMO A BALANÇA PODE AJUDAR

A Balance RehabClinic é uma provedora líder de tratamento de dependência de luxo e saúde mental para indivíduos ricos e suas famílias, oferecendo uma mistura de ciência inovadora e métodos holísticos com atendimento individualizado incomparável.

UM MÉTODO EXCLUSIVO

Um conceito bem-sucedido e comprovado com foco em causas subjacentes.
UM CLIENTE POR VEZ
ABORDAGEM DURADOURADA PERSONALIZADA
RESTAURAÇÃO BIOQUÍMICA
MULTIDISCIPLINAR E HOLÍSTICO
TRATAMENTO BASEADO EM TECNOLOGIA
TERAPIA INFORMADA DE TRAUMA

ABORDAGEM DURADOURO

0 Antes

Enviar solicitação de admissão

0 Antes

Definir metas de tratamento

1 semana

Avaliações abrangentes e desintoxicação

1-4 semana

Terapia física e mental contínua

4 semana

Terapia Familiar

5-8 semana

Sessões de acompanhamento pós-tratamento

12+ semana

Visitas de atualização

Saúde Mental Percepções

últimas notícias e pesquisas sobre Saúde Mental
Atenção Plena
Mindfulness

Mindfulness (Atenção Plena) é uma prática mental de manter uma consciência sem julgamentos do momento presente, envolvendo atenção concentrada nos pensamentos, sentimentos e arredores

read more
Compulsão Alimentar e Ansiedade
Compulsão Alimentar e Ansiedade

read more
Fobia Social
Fobia Social

A fobia social, ou transtorno de ansiedade social (TAS), envolve um medo intenso ou ansiedade em relação a situações sociais em que os indivíduos podem ser examinados, julgados ou constrangidos pelos outros

read more
Transtorno de Compulsão Alimentar
Transtorno de Compulsão Alimentar

O TCA  é uma condição grave de saúde mental caracterizada por episódios recorrentes de compulsão alimentar, durante os quais o indivíduo consome uma quantidade anormalmente grande de alimentos em um período discreto

read more

Acreditações

 
NeuroCare
TAA
ssaamp
Somatic Experience
SMGP
SEMES
SFGU
WPA
red GDPS
pro mesotherapie
OGVT
AMF
NeuroCademy
MEG
institute de terapie neural
ifaf
FMH
EPA
EMDR
COPAO
COMIB
British Psychology Society
 

Media

 
Dazed
National World
American Banker
Marie Claire
BBC
La Nacion
Metro UK
General Anzeiger
Live Science
Woman & Home
Apartment Therapy
Express UK
Bloomberg
Cosmopolitan
Morgenpost
Manager Magazin
Entrepreneur ME
Khaleej Times
HighLife
Psychreg
DeluxeMallorca
BusinessInsider
ProSieben
Sat1
Focus
Taff
TechTimes
PsychologyToday
abcMallorca
LuxuryLife
Mirror UK
Mallorca Zeitung
Daily Mail
Guardian
Business Leader
Mallorca Magazin